Tribuna
Nome: Cirurgião Dentista, Ilmo. Sr. Francisco Santana Machado Girão.
Título: ORIENTAÇÃO SOBRE PREVENÇÃO DO CÂNCER BUCAL.

“ Boa noite a todos! Boa noite Nobres Edis, radiouvintes, internautas e público aqui presente. Eu vim aqui hoje para falar sobre um tema muito importante! É a prevenção do câncer de boca. Nós estamos fazendo aqui em Venda Nova a terceira semana municipal de prevenção ao câncer de boca. Entre os dias 7 e 11de novembro de 2016 será realizado pela equipe de saúde bucal da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante, a terceira campanha municipal de prevenção do câncer bucal. Em consonância com a Lei Federal Nº13.230, de 28 de outubro de 2015, que instituiu a semana nacional de prevenção do câncer bucal em seus Artigos. Art. 1º: Fica instituído a semana nacional de prevenção do câncer bucal que será celebrada anualmente na primeira semana  de novembro. Art. 2º: Os objetivos da semana nacional de prevenção do câncer bucal são: I - estimular ações preventivas e campanhas educativas relacionadas ao câncer bucal. É o que eu estou fazendo aqui hoje, e que a equipe de saúde bucal vai estar realizando nas unidades básicas de saúde nos próximos dias. II - promover debates e outros eventos sobre as políticas públicas de atenção integral aos portadores de câncer bucal; III - apoiar as atividades organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil em prol do controle do câncer bucal; IV - difundir os avanços técnico-científicos relacionados ao câncer bucal. Eu vou fazer aqui um rápido apanhado do que seria essa patologia, essa doença. O câncer bucal, ele afeta os lábios e o interior da cavidade bucal. Dentro da boca deve ser observado: a gengiva, a mucosa jugal, que são as bochechas,  o palato duro que é o céu da boca, a língua principalmente as bordas e o assoalho que é a parte de baixo da língua. O câncer de lábio é mais comum em pessoas brancas e ocorre mais frequentemente no lábio inferior. Os locais mais comuns de câncer na boca são: a língua com 26% e o lábio 23%. Como dito anteriormente, principalmente o lábio inferior, devido a exposição a radiação solar. Outros 16% são encontrados no assoalho da boca que é a região debaixo da língua e 11% nas glândulas salivares. O restante é encontrado na gengiva e em outros locais. Esse tipo de câncer pode ocorrer em pessoas jovens. Mas é raro em crianças. Inclusive nós tivemos um caso aqui em Venda Nova, de  um menino de 15 anos. Cerca de 1/3 dos pacientes tem menos de 55 anos. Nos países não desenvolvidos o câncer de boca está entre os três mais comuns. No Brasil ele é o 5º em incidência. Então, é uma incidência bem relevante! Mas, infelizmente é um grande problema de saúde pública por aqui. 80% dos tumores é diagnosticado em estágio avançado e apenas 20% é detectado precocemente, durante exame médico ou odontológico. Por isso a importância dessa campanha, dessa detecção precoce, desse tipo de doença, que é bastante agressiva. Nós temos aqui Vereadores que são profissionais de saúde e em algum momento da vida deles devem já ter observado esse tipo de doença e tiveram contato com esse tipo de situação. Eu tenho alguns dados do INCA de 2016. Estimativa de novos casos: 15.490, sendo 11.140 homens e 4.350 mulheres. Número de mortes: 5.401, sendo 4.223 homens e 1.178 mulheres (2013). Os principais fatos de risco para o câncer da cavidade oral são: Tabagismo, que é o fumo, etilismo, que é o álcool, infecções por HPV, que é um vírus e  a exposição à radiação solar. Principalmente relacionada ao câncer de lábio inferior. Com tudo, entre tais fatores de maior relevância é o cigarro e o álcool, tem um destaque maior para esses dois. Em relação ao cigarro, cerca de 90% das pessoas com câncer de boca, fumam  cigarros, cachimbos, charutos ou mascam rumo. Então, esse hábito de mascar fumo também é prejudicial. Nós temos algumas pessoas na nossa região que tem esse hábito ainda. E o risco de desenvolver esse tipo de câncer aumenta de acordo com a quantidade de fumo  consumida. Quanto mais a pessoas fumar, maior será o risco. Fumantes têm 6 a 16 vezes mais chance de apresentar esse tipo de câncer que os não fumantes. A  fumaça do cigarro, cachimbo ou charuto podem causar câncer em qualquer parte da  boca ou garganta, laringe, pulmões, esôfago e rins. Além disso, fumar cachimbo aumenta consideravelmente um risco do câncer no lábio. O local que toca a haste do cachimbo. Então, é muito importante as pessoas estarem se conscientizando desses hábitos. E é para parar mesmo! Indo diminuindo aos poucos. Eu sei que é difícil até um momento que cessa totalmente esse hábito. Mascar fumo aumenta em 50 vezes o risco de aparecimento desse tipo de câncer nesses locais. Em relação ao álcool. O consumo de bebidas alcoólicas aumenta enormemente o risco de câncer entre 75% e 80% dos  pacientes com câncer de boca, eles exageram no consumo de álcool. Pessoas que fumam e consume de forma demasiada o álcool eles têm o risco potencialmente maior. É o sinergismo entre esses dois fatores. É o mais fatal. E  falando um pouquinho de radiação ultravioleta, da radiação solar. Mais de 30% dos pacientes com câncer no lábio trabalha ao ar livre, em funções associadas à prolongada  exposição aos raios solares. E para a população que está nos escutando agora. Quais são os principais sinais que deve ser observados? Lesões na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de quinze dias. Isso é primordial, tem que ser observado pelo paciente. Manchas e placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, na gengiva, no céu da boca e nas bochechas. Caroços no pescoço e uma ronquidão persistente. Nos casos mais avançados você vai observar a dificuldade na mastigação e na deglutição no ato de engolir. Dificuldade na fala e sensação que sempre há algo preso na garganta. Então é muito importante as pessoas estarem se conscientizando. Tem como elas estarem fazendo  um autoexame da boca. Igual às mulheres fazem um autoexame das mamas. Também tem como fazer esse autoexame bucal, tem com a pessoa estar indo nos consultórios odontológicos das unidades básicas de saúde e estarem se conscientizando junto aos profissionais odontólogos. É muito importante esse primeiro nível de prevenção que está sendo realizado pelo Município, que engloba tanto a promoção como a proteção específica. Nosso objetivo é esse. Mas também a prevenção secundária, que seria no nível da detecção precoce da doença, que é muito importante. Quando  mais cedo você detectar a doença, mais chance de cura você vai ter para esse tipo de câncer. Ele costuma ser muito invasivo. Porque é uma região muito irrigada costuma ter uma invasão muito grande nos tecidos adjacentes. Aí eu tenho aqui a programação das unidades básicas de saúde. Nós fizemos uma programação juntamente com a equipe de saúde bucal, entre o dia sete e o dia onze, que seria a semana municipal de prevenção ao câncer de boca. Eu vou citar alguns exemplos, para a  população dessas comunidades, que nos ouve, estarem cientes e estarem procurando as unidades básicas de saúde. No dia onze às oito horas da manhã vai ter uma palestra sobre câncer de boca na unidade básica de saúde da Vila da Mata. Em São João de Viçosa, vai ter uma palestra. No dia dez de novembro às 07h30min. Depois vai ser feito o exame clínico, focado na prevenção do câncer de boca. Em Vargem Grande, vai ter uma atividade educativa no dia oito de novembro às 07h30min também sobre o câncer de boca. E na área do Mineti, oito de novembro às treze horas.  Todos os dentistas da rede vão estar no  Conviver. Vai ter uma palestra às treze horas e depois vai ter um exame clínico focado na prevenção do câncer de boca. Nós tivemos a oportunidade de detectar precocemente caso no Conviver, inclusive o paciente já está em tratamento. A partir da campanha que conseguimos fazer a detecção precoce do caso. A pessoa teve uma chance de vida, uma chance de cura. Por isso, a importância desse tipo de campanha. E no Caxixe, também dia dez de novembro às 07h30min vai ter exame clínico focado na prevenção do câncer bucal. Outras  atividades nas unidades também, sempre entre o dia sete e onze de novembro. Eu gostaria de fala aqui que em relação à prevenção, o mais importante é a pessoa parar de fumar. Os grupos de tabagismo eles estão sendo reativados nas unidades, alguns profissionais de saúde do Município, eles passaram por treinamento durante o mês de outubro, enfermeiros, médicos e odontólogos em Vitória. Esses grupos aos poucos estão sendo reativados.  Também o consumo de álcool exagerado. Nós temos os alcoólicos anônimos no Município, que as pessoas possam estar buscando esse tipo de tratamento que vai ajudar. E no caso da radiação solar é sempre bom usar um filtro solar e um chapéu de aba longa para as pessoas que estão indo trabalhar na roça, ela ter sua proteção. Eu queria dar destaque também que esse trabalho de prevenção e saúde bucal ele é realizado desde cedo no Município, nas escolas e em todas as áreas. Nós temos um trabalho de prevenção e saúde bucal feito tanto pelos odontólogos como pelas  auxiliares de saúde bucal. Nós temos uma produção de odontologia no Município. Número total de procedimento é elevada, pelo tamanho da nossa população que está em cerca de 24 mil. Nós produzimos as vezes mais do que Município de 70 mil habitantes, nós ficamos entre o décimo e décimo quinta posição no Estado. É uma produção odontológica muito elevada. Eu gostaria de destacar o empenho da equipe de saúde bucal, tanto por parte dos odontólogos e das auxiliares de saúde bucal que ela é fundamental nos nossos trabalhos. Temos uma equipe de vinte e um, na odontologia municipal. São onze dentistas e dez auxiliares. Também agradecer aos professores na escola que  estão bem empenhados nesse trabalho de prevenção, escovação dental supervisionada e agentes comunitárias de saúde que é a ponte entre o usuário e a odontologia. Nós temos indicadores muito bons de escovação dental supervisionada, primeira consulta, proporção de exodontia em relação aos procedimentos totais e razão de se ter a primeira consulta. É sinal que o paciente ele está entrando e está saindo do sistema. Então eu queria deixar meu agradecimento à briosa equipe de saúde bucal municipal de Venda Nova do Imigrante. Se a pessoa quiser ter mais conhecimento, mais informação sobre o câncer de boca e outros tipos de câncer ela pode entrar no pagina do INCA que é o www.inca.gov.br ou na página www.accamargo.org.br  que é um centro de referência em São Paulo, no tratamento, na pesquisa e no diagnóstico de qualquer tipo de câncer. Um dos maiores do mundo! Aproveitando a oportunidade eu queria falar um pouquinho sobre o novembro azul, que se inicia hoje. Vai ter algumas atividades nas unidades básicas de saúde contemplando a saúde do homem. É muito importante os homens estarem procurando as unidades básicas de saúde nesse mês de novembro, para estar fazendo o exame de PSA, estarem se tratando e cuidando da sua saúde. Sem a saúde a gente não é nada. E gostaria de agradecer a oportunidade em nome da equipe de saúde bucal da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante a essa Casa de Leis, pelo destaque que essa campanha está tendo. Não é uma campanha muito grande, mas, fundamental. De grande relevância para o Município. Desde já obrigado!”
Av. Evandi Américo Comarella, nº 385 - 4º andar
Venda Nova do Imigrante – ES - CEP 29375-000
Telefax: (28)3546-0074
Horário de funcionamento: 12:00h às 18:00h
Data e horário das Sessões: Todas as terças-feiras 19:00h no Plenário da Câmara Municipal
E-mail: camaravni@camaravni.es.gov.br